fbpx

Plástica Ocular: Conheça a Blefaroplastia

Plástica Ocular: Conheça a Blefaroplastia

Com o passar dos anos, é natural que as pálpebras dos olhos comecem a cair e formar aquelas bolsas de gordura embaixo dos olhos, que em alguns casos podem acarretar na diminuição do campo de visão.

São muitos fatores que contribuem para o surgimento dessas alterações nas pálpebras, como a perda da elasticidade da pele devido ao envelhecimento, a ação da força da gravidade, o fumo e a radiação solar.

A boa notícia é que existe uma cirurgia plástica que resolve este problema. Com isso, conheça agora a blefaroplastia.

O que é a Blefaroplastia?

A blefaroplastia é uma cirurgia plástica que tem como objetivo a retirada do excesso de pele, músculo e gordura das pálpebras. Ela também posiciona as pálpebras de forma corretamente e, com isso, pode dimunir as rugas que deixam a face com uma aparência cansada e envelhecida.

É bom reforçar que esta cirurgia não tem como objetivo eliminar as rugas e pés-de-galinha, ela pode amenizar as rugas na região dos olhos.

A blefaroplastia pode ser feita na pálpebra superior, na inferior ou em ambas, isso vai depender da avaliação médica. Para as pacientes que querem melhorar os resultados estéticos, em alguns casos pode ser aplicado botox juntamente com a cirurgia.

Como é feita a Blefaroplastia?

A blefaroplastia é um procedimento tranquilo, entretanto é bem delicada. A sua duração é em média 40 minutos e é feita, na maioria das vezes, sob anestesia local com sedação. Isso permite ao paciente ir para casa logo após o término dela.

Para fazer a cirurgia, o médico estuda no pré-operatório a quantidade de pele ou gordura a ser retirada e, através disso, delimita o local em que será feita a cirurgia.

Deve-se tomar muito cuidado, pois a retirada excessiva de pele ou gordura pode dar um aspecto sem mobilidade ao olho, mudando as feições do paciente e prejudicando a lubrificação e o fechamento dos olhos ao dormir.

Para quem é indicado a Blefaroplastia

A blefaroplastia é normalmente realizada para fins estéticos, mas também tem que pensar nos resultados funcionais da cirurgia. O médico precisa preservar a simetria dos olhos e sua funcionalidade, preservando e melhorando a visão do paciente.

Ela é indicada em casos de flacidez das pálpebras ou quando existem bolsas embaixo dos olhos, causando a aparência de cansaço e que diminuem o campo de visão. Na maioria das vezes essas situações acontecem em pessoas com mais de 40 anos, mas o procedimento também pode ser realizado em pessoas mais jovens quando o problema é causado por fatores genéticos.

O médico mais indicado para realizar este procedimento é o oftalmologista, afinal, ele é o especialista da região dos olhos.

Interessou? Agende uma avaliação.